domingo, 19 de novembro de 2017

Feira Literária da E. E. Maria de Lurdes




A Feira Literária da Escola Estadual Professora Maria de Lurdes Câmara Souto, localizada no Gramoré, Zona Norte de Natal aconteceu na última sexta-feira (17) com a participação dos alunos da instituição.
 Equipes da Escola Estadual Professora Maria de Lurdes Câmara Souto, da SUEF, DIREC e a professora Marli da Biblioteca do Santarém






 Contação de histórias

 Cozinha da Maria Farinha















PÁGINAS POLÍTICA - CLARIM NATAL - NOVEMBRO 2017




Ubaldo Fernandes participou da Pré-Conferência Municipal do Saneamento Básico

Foto: Arquivo Ver. Ubaldo Fernandes



O vereador Ubaldo Fernandes participou da Pré-Conferência Municipal do Saneamento Básico, que aconteceu na Zona Leste de Natal no último dia 24.

“Na oportunidade, debatemos a importância de avançarmos no saneamento da nossa cidade. Investir em saneamento é um ato de prevenção na Saúde Pública e preservação do Meio Ambiente”, ressaltou o parlamentar.

Audiência pública discute Plano Municipal de Cultura

Foto: Arquivo Ver. Ubaldo Fernandes


O Plano Municipal de Cultura foi discutido em audiência pública, uma proposição do vereador Ubaldo Fernandes no dia 10 de outubro, na Câmara Municipal de Natal, onde o presidente da Fundação Capitania das Artes, Dácio Galvão, explanou a proposta do Executivo.

“O Plano Municipal de Cultura tem a missão de valorizar, promover e preservar a diversidade cultural existente na cidade de Natal. O documento possui algumas metas e eu destaco a capacitação e treinamento de 3% ao ano dos agentes de cultura. Vamos propor o aumento para 6% para que ao final dos 10 anos seja 60% dos agentes capacitados”, disse Ubaldo Fernandes, presidente da Comissão.

O vereador destacou também a ampliação dos pontos de cultura no município. “Natal tem poucos pontos de cultura, temos um em Ponta Negra, outro no Bom Pastor e outro ponto no bairro de Felipe Camarão. É preciso ampliar esses pontos para diversos bairros da cidade, contemplando as comunidades com ações culturais de impacto”, concluiu.


“Poder público precisa intervir de forma mais célere na revitalização do Ginásio Nélio Dias” – Vereador Ubaldo Fernandes

Foto: Arquivo Ver. Ubaldo Fernandes


Obras de recuperação do ginásio Nélio Dias no Gramoré, zona Norte de Natal, foi tema de discussão com a Comissão de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização da Câmara Municipal de Natal e a secretária municipal de esporte e lazer, Daniele Mafra, no dia 02 de setembro.

Para o vereador Ubaldo Fernandes (PMDB), vice-presidente da Comissão, o poder público precisa intervir de forma mais célere na revitalização do ginásio. "O Nélio Dias é um patrimônio para os desportistas do estado, da cidade do Natal, e hoje está abandonado, precisando de uma intervenção o mais rápido possível da Prefeitura, através da Secretaria de Esporte", afirmou o vereador.

De acordo com a secretária da SEL, serão investidos cerca de R$ 1,3 milhão para a reforma do ginásio. "Nosso objetivo é que o mais breve possível sejam feitos os reparos do piso, cobertura, instalação hidráulica, sanitária e cercamento do ginásio, porém precisamos antes nos adequar à nova legislação do corpo de bombeiros do Rio Grande do Norte que nos últimos anos ficou mais rigorosa", explicou Daniele Mafra.

O Ginásio Nélio Dias está interditado desde 2015 por descumprir norma do corpo de bombeiros que exigi instalação de uma rede de hidrantes. A nova legislação ficou mais rigorosa após o incêndio na Boate Kiss, na cidade de Santa Maria, RS, em 2013.

Outro assunto debatido foram as ações e projetos desenvolvidos pela Secretaria de Esporte e Lazer em prol do esporte.

A secretária falou também sobre a situação das quadras e campos poliesportivos da cidade. "Temos cerca de 104 equipamentos esportivos administrados pela Secretaria com um orçamento de 100 mil reais por mês para recuperar e fazer pequenos reparos. Por mês em torno  de três quadras e campos de futebol são revitalizadas", concluiu a secretária.

"Nós pedimos para que a Secretaria elaborasse o orçamento dessas intervenções nas praças esportivas de Natal tendo em vista que a peça orçamentária do município chega à Câmara no mês de outubro e os vereadores precisam destinar emendas para que em 2018 esse setor seja contemplado", disse Ubaldo Fernandes.

Visita à Casa Durval Paiva



Vereador Preto Aquino e equipe visitando a Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva em conjunto com a Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Natal.

à Serviço do Povo



Audiência pública discute investimento no sistema penitenciário

Investimento no sistema penitenciário foi tema de audiência pública proposta pelo vereador Preto Aquino

Foto: Marcelo Barroso
Através de audiência pública proposta pelo vereador Preto Aquino (PEN), a falta de investimento do Governo do Estado para a categoria dos agentes penitenciários foi tema discutido no dia 29 de setembro, onde contou com a participação da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (Sejuc), do Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp), Comissão dos aprovados excedentes do concurso Agepen 2017 e do Fórum de Segurança Pública do RN.

"O objetivo da audiência foi tornar público todos os problemas enfrentados pelos agentes penitenciários que vão desde problemas estruturais a problemas físicos e psicológicos. Sabemos também que o efetivo está abaixo do necessário", disse Preto Aquino.

Segundo Vilma Batista, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN, não há como sair do caos vivido na área de segurança pública sem realizar investimentos no sistema prisional do estado. "Para se ter um sistema penitenciário eficiente não basta apenas boa estrutura física das unidades prisionais ou de políticas voltadas à população carcerária. É preciso a valorização profissional dos servidores, é preciso assistência física e psicológica do agentes", explicou. A agente enumerou as principais dificuldades enfrentadas pelo servidores penitenciários para desempenhar as atividades.

"Nós trabalhamos em uma das profissões mais perigosas do mundo e sofremos o total abandono por parte do estado. Não temos atendimento psicológico, trabalhamos com insalubridade e periculosidade, não possuímos equipamentos suficientes e nem adequados e estamos diariamente representando um estado, frente ao crime organizado, morrendo em nome de um estado e, simplesmente, esse estado não reconhece que os servidores precisam também de assistência", concluiu Vilma.

Para o representante do Fórum de Segurança Pública do RN, Sargento Eliebe Marques, uma solução mais célere e viável para a segurança pública é a convocação de mais agentes penitenciários provenientes do atual concurso. "Hoje nós temos cerca de 600 policiais em desvio de função trabalhando nos presídios. Se o governo convocar mais agentes esses policiais poderão voltar às ruas e fazer o policiamento ostensivo que é atividade fim da polícia militar", afirmou o Sargento.

De acordo com Janaína Xavier, representante da Sejuc, o governo vem investindo no setor. "O governo do Rio Grande do Norte está investindo 4 milhões de reais em novas viaturas e equipamentos para que os profissionais atuantes na área de segurança pública possam trabalhar de forma eficiente. Priorizamos a criação de novas vagas para agentes, a reforma e construção de presídios, e , em breve, os policiais que estão nos presídios serão recolocados às ruas e os agentes voltarão a ocupar as guaritas das penitenciárias. Foi também apresentado o Plano Diretor do sistema penitenciário", afirmou.

O Plano Diretor do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte – Pladispen/RN, que prevê investimento de R$ 299 milhões até 2022, define metas e ações para os próximos cinco anos com etapas de curto, médio e longo prazos, envolvendo ações integradas de seis secretarias de Estado: da Justiça e Cidadania, Segurança e Defesa Social, Trabalho, Habitação e Assistência Social, Esportes, Saúde e Infraestrutura.